OBJETOS SOLTOS TRANSFORMADOS EM PORTA VELAS

18.1.21

Esta experiência já deveria ter aparecido aqui antes, pois a intenção era transformar algumas formas de bolo em porta velas para a mesa de Natal, mas o tempo encolheu e eu não tive escolha senão esperar uma oportunidade melhor. Encomendei o material na Amazon, esta cera natural e os pavios e não quis investir em óleos com cheiros e colorantes com receio do experimento não dar certo e eu ficar em casa cheia de matéria prima sem utilidade. Mas foi tão simples que estou a pensar reconsiderar. Todos temos guardadas peças avulsas e desirmanadas que podem vir a ter um pouco mais de utilidade do que somente enfeitar. Objetos como chávenas, copos pequenos e outros contentores de tamanho mais reduzido são os ideais. A partir daí, creiam, é só diversão, e não pensei que a experiência fosse correr com tanta facilidade, rapidez e resultados à primeira. Tantas vezes recebemos peças de serviços que pertenceram aos nossos avós ou pais e não sabemos o que fazer com elas além de enfia-las nos armários, eis uma boa forma de lhes dar nova função! É também uma excelente dica para uma prenda mais personalizada. Ora vejam:




O primeiro passo, foi escolher as peças. Há muito que queria fazer algo com essa chávena com vermelho e nacarados que pertenceu ao conjunto de loiças de festa da minha mãe, tem seguramente uns 60 anos. O resto da loiça ainda está em casa do meu pai, mas um pouco gasto já, não tem sido mais utilizado. "Surrupiei" essa chávena de café como recordação. O copinho a meio da imagem, comprei há anos na Catedral de Notre Dâme, tinha uma cera vermelha dentro, que, claro, com o uso, acabou-se:
O segundo passo foi preparar as peças com os pavios. No saco com 100 pavios que comprei, vinha essa peça "profissional" que dá um jeitão e permite segurar o pavio em várias posições:

Nas outras peças fui obrigada a improvisar:


Esta peça maior exigiu mais criatividade:

Para derreter a cera, não comprei os utensílios sugeridos na Amazon, recorri à prata da casa e funcionou: uma panela com água e em banho maria, um pote de doce. Coloquei a cera dentro, mexi sempre com uma colher de pau pequenina até desfazer completamente os flocos: 


A seguir verti para os recipientes:

E finalmente, esperei que a cera solidificasse (abaixo, já se nota  a cera a branquear dos lados). Quando vi que tinha endurecido completamente, tirei o suporte e cortei o pavio:

22 comentários:

  1. Que ideia gira! Não me passava pelas cabeça que estas velinhas podiam ser feitas em casa... mas tu "inventas" sempre qualquer coisa para nos animares os dias. Gostei muito apesar de não usar velas em casa. Tenho uma que me ofereceram há uns 20 anos, nunca a acendi e por isso continua a enfeitar a sapateira do corredor.
    Obrigada pelas deliciosas partilhas, sabe tão bem passear neste cantinho!
    Beijinho, fica feliz e saudável. :)

    ResponderEliminar
  2. Que pena utilizar chávenas tão lindas para fazer velas. Gosto da ideia de fazer velas (acendo velinhas todos os dias), mas não com peças tão preciosas.

    Beijinhos e boa semana:))

    ResponderEliminar
  3. Ficaram bem giras e diferentes :) beijinho

    ResponderEliminar
  4. Ficaram bem bonitas! Houve uma altura, na minha primeira casa, que é igual a dizer há muito tempo, que fiz muitas velas. Foi a primeira casa, tinha pouquinha coisa mas velas não faltavam! eheheh Mas não comprei cera, apenas os pavios e usava copos de iogurte, aqueles de vidro. Pegava nas velas de casa da minha mãe, tias e madrinha, as que elas já não usavam, derretia-as (em banho-maria, tal e qual) e fazia velas novas, algumas muito coloridas, às riscas, porque ia juntando cor por cor, em camadas, um processo que me lembro demorado mas cujo resultado valia a pena. Ao ver a tua publicação lembrei-me desses tempos e até do cheiro da cera derretida ao lume :)
    bjs*

    ResponderEliminar
  5. Ideias boas, mesmo a calhar onde de compram pavios?
    BJ

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rita, os pavios comprei na Amazon também. Se pesquisar a cera logo vai ter aos pavios. Obg Val

      Eliminar
    2. Muito obrigada😃 gosto muito do seu blogue

      Eliminar
  6. Oi Val,
    Sempre quis fazer velas e não sabia que era tão fácilo! Acho que vou tentar esta empreitada!
    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Olá Val
    Óptima opção para umas velhinhas saudáveis e ecológicas. Sem cheiro é sem desperdício.
    Sou fã de velas ciam um ambiente acolhedor.
    À tua ideia de dar vida a pequenos objectos que andavam por aí escondidos faz muito sentido sim.
    Este ano tbem fiz uma experiência com restos de velas e tbem resultou.
    Não andei na Amazon como tu, mas no fim até bateu certo mas o P disse tão cedo não fazemos 🤣
    Bj e continuação de muita saúde pra todos.
    Lulu

    ResponderEliminar
  8. Peço desculpa pelo facto de a minha pergunta não ter a ver com este post, e sim com o candeeiro de pé que reabilitou há uns tempos - onde comprou o etanol? é que já procurei em várias drogarias e não encontro. Ficarei muito grata se responder.
    Um abraço
    Isabel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isabel, já não compro etanol há algum tempo mas costumava haver no Leroy Merlim. Bjinho, Val

      Eliminar
  9. Lindo esse artesanato.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderEliminar
  10. OI Val, gostei muito da dica. Eu tenho várias xícaras que herdei da minha sogra. Nossa, são muito antigas. Vou me aventurar em dar uma nova utilidade para elas. E gostei da criatividade para segurar o pavio.
    Muito obrigada pela inspiração.
    beijos
    Chris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderEliminar
  11. Olá Val! É tão gostoso fazer estas velas. Quando João era pequeno,eu fazia com ele e oferecia no Natal aos amigos. As tuas ficaram lindas. Bom fim de semana amiga! Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Querida Val, sempre a criar o inusitado! Velas são sempre um elemento muito interessante para tornar qualquer ambiente mais acolhedor e essas então, em "recipientes" com valor afetivo... Giríssimo. Um beijinho grande.

    ResponderEliminar
  13. Val, caí da cadeira. Sério. Sempre venho aqui pronta pra me surpreender, mas dessa vez você se superou. Incrível!

    ResponderEliminar
  14. Olá Val, gostei muito da ideia, acho um charme a chávena muito bonita com a vela em cima de uma mesinha...muito bonito mesmo!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Querida Val! Adorei esta ideia! Vou registar e fazer! Um xi-coração

    ResponderEliminar
  16. Ah, vou providenciar para fazer aqui em casa! Peças desparceiradas tenho aos montes e ficam de uma simpatia que só! Animei :) Beijos

    ResponderEliminar
  17. Sempre me fascinou isso das velas artesanais. Acho que deve dar gosto fazer.

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics