OBJETOS SOLTOS TRANSFORMADOS EM PORTA VELAS

18.1.21

Esta experiência já deveria ter aparecido aqui antes, pois a intenção era transformar algumas formas de bolo em porta velas para a mesa de Natal, mas o tempo encolheu e eu não tive escolha senão esperar uma oportunidade melhor. Encomendei o material na Amazon, esta cera natural e os pavios e não quis investir em óleos com cheiros e colorantes com receio do experimento não dar certo e eu ficar em casa cheia de matéria prima sem utilidade. Mas foi tão simples que estou a pensar reconsiderar. Todos temos guardadas peças avulsas e desirmanadas que podem vir a ter um pouco mais de utilidade do que somente enfeitar. Objetos como chávenas, copos pequenos e outros contentores de tamanho mais reduzido são os ideais. A partir daí, creiam, é só diversão, e não pensei que a experiência fosse correr com tanta facilidade, rapidez e resultados à primeira. Tantas vezes recebemos peças de serviços que pertenceram aos nossos avós ou pais e não sabemos o que fazer com elas além de enfia-las nos armários, eis uma boa forma de lhes dar nova função! É também uma excelente dica para uma prenda mais personalizada. Ora vejam:

MANTA EM CRAZY PATCHWORK PARA A ROSÁRIO

4.1.21

Neste início de Ano Novo, optei por mostrar-vos mais uma manta que fiz para uma bébé. O nascimento de uma criança traz felicidade, alegria e esperança de um novo porvir, exatamente o que ansiamos para 2021! Foi feita em Crazy Patchwork, uma técnica aparentemente sem técnica mas se consultarmos os tutoriais que pupulam por aí, os entendidos citam sempre uma ou duas regrazinhas básicas. Eu, passei por cima de todas elas, apenas separei os meus infinitos restos de tecidos por cores para me facilitar a vida e a partir daí foi coser retalho a outro retalho até formar blocos de 6 X 6 polegadas (sensivelmente 15,5cm X 15,5cm). A única coisa que falhou e que se olharem bem para as fotos eventualmente vão acabar por notar, é que o tecido jeans usado para unir os blocos tinha um pouco de strecht e isto dificultou-me imensamente o trabalho! Patchwork e elasticidade definitivamente não combinam e algumas costuras, por mais que eu tenha tentado dar o meu melhor, saíram um pouco tortas. Mas também, quem me manda ir comprar tecidos a uma loja em que por causa da pandemia, nos obriga a calçar luvas protetoras à entrada? Luvas plásticas impregnadas de gel (sim, dupla proteção, não vá a luva sozinha falhar!) + máscara tiraram-me totalmente a sensibilidade e o discernimento! Comprar tecidos sem sentir ou tocar, não existe! Nota mental para não voltar a lá entrar.

NATAL E AS NOVAS FORMAS DE ESTARMOS JUNTOS

24.12.20

Distanciamento, confinamento, isolamento, evitar aglomerações. Expressões que entraram no nosso quotidiano em 2020. E como isso pode ajustar-se a reunião, família, abraços e encontros, que são as palavras que combinam com Natal? Quase impossível casar distanciamento com abraços e isolamento com reunião, a não ser que usemos toda a nossa criatividade e a tecnologia ao nosso alcance. Que não desanimemos por não podermos estar fisicamente com todos aqueles que gostaríamos e inventemos novas formas de estarmos juntos. Que matemos as saudades com telefonemas, face times, whasapps, lives, o que for. Melhor ou pior haverá sempre maneira de falarmos com quem está longe, de partilharmos a ceia e abrirmos os presentes em simultâneo. Neste Natal tão atípico e quase surreal o que vos desejo acima de tudo é muita saúde e que o Novo Ano nos compense largamente com todos os encontros, abraços e beijos que não aconteceram em 2020.

TAGS DE NATAL

14.12.20

Nunca planeio nada. Sou daquelas pessoas que se deixam levar e quando o prazo aperta, age ou trabalha sob pressão. É assim na minha vida tanto pessoal quanto profissional. Se funciona? claro que nem sempre, mas não adianta querer me emendar, navegação à vista é uma característica que nasceu comigo. Portanto, definitivamente não começo a pensar no Natal em Setembro. Muito pelo contrário, como tenho com a quadra uma espécie de amor-ódio, é em cima da hora que me decido pelos presentes, embrulhos e decoração. E então faço maratonas aos fins de semanas e feriados para escolher a melhor prenda, a embalagem ideal, a mesa para a ceia. E a 24 aparece tudo feito, a contra relógio, mas aparece, e geralmente sem recorrer a shoppings, a filas intermináveis nos caixas e a irritantes  bancas do lado de fora das lojas onde moçoilas inexperientes enfiam as compras em saquetas pré fabricadas e despersonalizadas. Este ano, surpreendentemente até estou bastante adiantada, e a dez dias do Natal consegui fabricar tags divertidas usando madeira de balsa, retalhos de tecidos de Natal e guardanapos. Deixo abaixo um pequeno passo a passo, para aqueles que gostam de colocar a mão na massa e garanto que além da execução ser fácil e rápida, um embrulho bonito com uma etiqueta diferenciada é um carinho extra que se oferece!

RESULTADO DO SORTEIO

8.12.20

Antes de revelar o resultado quero agradecer muito a quem tirou algum do seu tempo para participar nesta brincadeira. Foram 26 candidatos às botinhas de Natal, 26 comentários que me deixaram com um sorriso de orelha a orelha. Mensagens carinhosas de parabéns, estímulo e apoio e isto dá-me muita vontade de continuar a escrever aqui e a mostrar minhas artes e minhas ideias. Também tenho notado nestes 8 anos que os sorteios são uma boa ocasião para leitores mais tímidos mostrarem que existem!

Dado o número de participantes decidi fazer dois sets de botas e sortear duas pessoas.Vamos então aos números gerados pelo programa do Random Number Generator, e que foram os seguintes por ordem de saída:



Os números 18 e 4 correspondem respetivamente ao Emerson, pessoa que comanda o blog Jovem Jornalista, blog que conheci recentemente e vale a pena seguir pela quantidade e pertinência de temas que aborda, e à leitora Laura.

Parabéns a ambos e não se esqueçam de mandar um email indicando-me a vossa morada para lavionrosedeco@gmail.com



Foi óptimo ter contado convosco neste já tradicional sorteio de aniversário do blog L´avion Rose. Cuidem-se!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics