AS FESTAS DE ANTIGAMENTE

22.10.13
Das dezenas de fotos antigas que tenho da minha família, infelizmente guardadas numa caixa sem que nunca ninguém, nem eu própria, tenha se preocupado em dar-lhes destino melhor, as que mais se destacam aos meus olhos, aquelas que comtemplo vezes sem conta, absorvendo cada detalhe das imagens, são as que numa sequência, contam os primeiros aniversários da minha mãe. 

Tudo naquelas fotografias, fascina-me.
Através delas, ano após ano, vejo a minha mãe passar de bébé a criança, perder os dentes, ganhar uma irmã.

Chama-me a atenção o cenário, sempre o mesmo, onde apenas um ou outro detalhe muda. As cortinas de crochet que a certa altura são substituídas por outras em renda, o relógio, a cristaleira, as flores nos dias de festa e o pormenor do frigorífico na sala, um luxo há 75 anos.

Não fico indiferente à elegância dos meus avós, em pose austera com as filhas junto à mesa, antes de começar a festa, eternizando o momento. Às roupas impecáveis, aos penteados cuidados, ao capricho extremo.

2º aniversário, Chapéuzinho vermelho, outubro 1938
E tento imaginar a deliciosa movimentação que não seria naquela casa nos dias (ou semanas) que antecediam a festa. O carinho da minha avó, que com o envolvimento de todos, até das vizinhas, decidia o tema, idealizava as lembranças, imaginava e montava as mesas, confecionava os bolos, enrolava os doces.

Festa da primavera, 3º aniversário, 1939

No verso das fotos, numa letra cuidada, a dedicatória aos padrinhos e a indicação do tema da mesa, talvez pouco infantil mas claramente romântico: "festa da primavera",  "mesa dos patinadores", " Mucuripe" (numa homenagem às jangadas do nordeste Brasileiro).

1940, Mucuripe. A família cresce.

Havaí em 1941
 

1942, mesa dos patinadores.

1943, sem tema.
1ª comunhão

Impressiona-me como nos anos 40, em que muito pouca coisa era comprada feita, e praticamente tudo se confecionava em casa, a minha avó usava da sua habilidade de mãos para construir cenários. Transformava algodão em neve, fabricava palmeiras de plástico que juntava à areia da praia e a conchas para simular dunas. Bem que ela dizia, sem nenhuma modéstia, que era uma mulher à frente do seu tempo.

E imagino que tenha sido esta herança afetiva, que fez com que a minha mãe, nos anos 70, ainda com parcos recursos, nunca tenha deixado de comemorar os aniversários das filhas, com mesas quase psicadélicas, em que ela improvisava tudo com o papel crepe e o celofane. Tenho muitas saudades dessas festas, que o meu pai gravou para a posteridade em bobines super 8, filmes em que eu apareço sempre à volta da mesa, irrequieta e com um sorriso enorme de felicidade.


40 comentários:

  1. Que delicia de imagens!! Tem de eternizar esses momentos reproduzidos nessas fotos antigas numa parede da sua casa!! Existe coisa melhor do que ver a nossa história retratada na nossa casa?! Fica para a eternidade! Uma boa semana para si Val!

    ResponderEliminar
  2. Adorei, maravilhoso. Essas fotos são verdadeiras jóias de família.
    A sua avó era sem dúvida uma mulher muito à frente para a época. Tudo é magnifico, os detalhes, os temas o carinho colocado em cada mesa, adorei mesmo, obrigada pela partilha.bjos.

    ResponderEliminar
  3. Val ,mas é que a tua família era mesmo muito á frente .
    Eu nunca vi imagens tão antigas a retratar aniversários assim tão elaborados com tanta criatividade.
    Obrigada pela linda partilha ,agora vejo de onde vem essa veia criativa :)
    Lindo post com MUITA ORIGINALIDADE
    Adorei continua assim que vais mt bem
    Obrigada por tudo
    bj grande
    Lulu

    ResponderEliminar
  4. Olá minha querida Valéria,
    Parabéns pelas preciosidades que guardas.
    Nunca imaginei que nesses tempos, alguém pudesse preparar festas de aniversário dando temas às mesmas, simplesmente maravilhoso!!!
    Duas belas heranças que recebeste da Sr.ª tua avó, as fotos e a criatividade.
    Adorei ver estas fotos, muito obrigada por as teres partilhado.
    Um grande beijinho,
    MJ

    ResponderEliminar
  5. Fiquei pasmada! Adorei cada detalhe feito com tanta criatividade e com muito amor! Muitos parabéns por este tesouro, por estas recordações lindíssimas. Obrigada por esta partilha. Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Que delícia de imagens. Adorei cada detalhe. Sempre leio o seu blog.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Kilza, não consegui encontrar seu blog. Deixa o link para mim qualquer dia. Gostaria de visitar! bjs!

      Eliminar
  7. Cenários fantásticos, Val! Incrível era a habilidade de criar, justamente por conta da oferta de produtos ser muito pequena. Gosto demais dessas festas feitas em casa, onde cada um dá sua contribuição e, mesmo muitas vezes cheias de imperfeições, são as festas mais sensacionais que existem. É a casa se transformando, um detalhe aqui e outro lá, o gostinho do brigadeiro caseiro. Lindas essas fotos, são verdadeiras relíquias. Beijo!

    ResponderEliminar
  8. Estou emocionada! Que fotos lindas, que texto caprichado! E que avó vc teve, hein? Deve ter saído à ela :se pensar bem, com boa vontade mesmo, os projetos dessas mesas de festas têm algo de arquitetura, da criatividade para bolar como parar em pé aquela casinha, como deixar firme aqueles coqueiros...
    E que recordações vc têm da avó com você? Era boazinha?
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vóvó era a mulher dos mil ofícios. Fazia tudo, comandava tudo, e era a maior festeira que eu conheci. Só convivia com ela nas férias, mas tenho muitas e alegres recordações. Era realmente uma mulher à `frente do seu tempo, ela própria o repetia, sem qualquer modéstia! Bjs

      Eliminar
  9. Essas comemorações são fantásticas Val.
    E as memórias também!
    A imaginação, os pormenores e a dedicação que estas festas demonstram contam muito sobre quão felizes parecem ter sido.

    ResponderEliminar
  10. Oi Val,
    Que lembrança maravilhosa você tem!
    E que capricho com cada festa. Adorei ver as fotos.
    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Oi, Val!
    Não sabia que sua família era do Brasil. Bacana!
    Menina, que lindas estas fotos! Seu blog sempre me emociona, Val... tem muito sentimento por aqui. É uma delícia partilhar da sua história :)
    Realmente, sua avó devia ser uma mulher à frente do tempo dela... Numa época na qual a criança não tinha a oportunidade de ser criança, sua mãe tinha festinhas cheias de decoração. Muito bacana! Muito mesmo!
    Um beijão,
    Mariana.

    ResponderEliminar
  12. Estou chegando agora, e estou encantada com as imagens e a história delas.
    Uma verdadeira relíquia, essas fotos.
    Tua avó, sem dúvida, era de uma sensibilidade extrema para as artes. E quanto amor, ao decorar as festas. A fotografia me fascina. E quando vejo essas, carregadas de tempo e memória, nossa, fico muito contente.

    Teu blog é ótimo. Te seguirei,

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olá Lia, vou visitar-te em breve. Beijos!

      Eliminar
  13. Nossa Val que fotos bacanas!!! Achei tão lindas que chamei uma amiga pra gente dar conta de olhar todos os detalhes. Que benção essas fotos! Muito obrigada por compartilhar um pouquinho da sua história. Beijos no coração! Ahhh.... muito obrigada pelas sugestões lá no meu blog. Vou tirar fotos do antes e depois da reforma. Bjs, Clau.

    ResponderEliminar
  14. Oi querida Val,olha eu fiquei emocionada de ver, como são antigas as fotos e como naquele tempo já tinha essas criatividades, pois arrumar estas mesas naquele tempo devia ser bem difícil, e quanta classe, todos tão arrumadinhos para uma festinha de criança, e o terno e o penteado da mamãe das crianças, manda um homem vestir um terno para um aniversario de uma criança nos dias de hoje, os homens antigamente se arrumavam melhor do que agora, os cabelos brilhavam de tanta brilhantina, viajei no tempo, e também me lembrei de minha mãe que nunca pode ter essas festinhas quando era criança, e nem pode dar aos filhos também, nós eramos muito pobres, minha mãe quando criança foi criada pela madrinha que fez ela de empregada da casa, e foto antiga dela ela só tem uma de quando ela tinha 18 anos, muita pobreza, agora que eu tiro muita foto dela e já fiz (comprei) muito bolo de aniversário para ela. Mas eu adorei saber que você tem imagens da historia da vida de sua mãe. Geladeira na sala era um luxo rsrsrsrs. BJK amiga.

    ResponderEliminar
  15. Que lindas esas fotos de antaño Val!!! Esas fotografías son un poco de historia y no sabía que su familia era Brasileira !!
    Besos

    ResponderEliminar
  16. Val. adorei a sua postagem. As fotos são lindas e contam um pouco da histório da sua família. Verdadeiros tesouros! beijinhos. Evelyne.

    ResponderEliminar
  17. Simplesmente linda a sua postagem Val..verdadeiro túnel do tempo.
    Abraços.Sandra

    ResponderEliminar
  18. Deu pra viajar junto. Interessante que é sempre o mesmo cenário. Parece filme.
    Lindo de se ver, Val.
    A gente aprende muito com isso. Que o Feito à Mão resiste às modernidades, independe de qualquer 'praticidade' de se comprar pronto. Ainda é especial e talvez insuperável.
    Lindo post. Adorei.

    ResponderEliminar
  19. Que fotos lindas, Val. Adorei as decorações e os temas das festinhas, quanto capricho!
    Estas fotos são realmente preciosas;)
    Beijos e bom dia!

    ResponderEliminar
  20. Muito emocionante, Val! Que delícia ter uma família que gosta de comemorar... Achei os cenários incríveis, não sabia que se fazia isso naquela época. Bjos

    ResponderEliminar
  21. Passando para te desejar uma ótima quinta!!
    Abraços.Sandra

    ResponderEliminar
  22. Que legal e que bom que você tem todas essas fotos do passado para relembrar esses momentos tão especiais. beijus

    ResponderEliminar
  23. Adorei o teu blog, tornei-me tua seguidora, espero que não te importes. Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  24. Que viagem no tempo , adoro ver fotos assim , tem toda uma história
    e por mais que tenham passado muito tempo, as mesas de festa são super atuais,
    quanto as cortinas da casinha da minha filha não quis por por que seria muita coisa pra lavar,
    e os objetos de plastico são mais faceis.
    bjs tenha um belo fim de semana.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  25. Adorei adorei adorei!! Obrigada por me dares esse pedaçinho da vovó! :D

    ResponderEliminar
  26. Olá Val,

    Amei a postagem, que boas recordações em fotos, lembramças de uma vida. Sua avó era muito criativa e com certeza muito a frete no tempo.
    Beijos e bom final de semana.

    ResponderEliminar
  27. Passando para te desejar um ótimo domingo!!
    Abraços.Sandra

    ResponderEliminar
  28. Minha querida Val...
    Este foi dos melhores posts que já li até hoje!
    Maravilhoso a dedicação da tua avó em cada aniversário! É de ficar orgulhosa. não fazia ideia que naquela altura com tão poucos recursos e fontes, se fazia algo com tanta inspiração! fiquei completamente rendida! A tua avó era uma pessoa maravilhosa, devia ser única! Completamente encantada e sem mais palavras! Que ternura de post! É por isto que eu emprego tanto amor nas coisinhas que faço para a minha filha, mesmo que ela não de o devido valor agora, mais tarde ao recordar fotos, poderá sentir orgulho! Um grande beijinho e muito obrigada por esta partilha que me deixou completamente encantada!

    ResponderEliminar
  29. Só me ocorre uma expressão: Que máximo!!! Adorei!

    ResponderEliminar
  30. Como é poético olhar para o passado... Essas fotos cristalizaram aquele presente e se tornaram um presente para você agora que do começo do século XXI pode olhar para as pessoas do começo do século XX... Serem elas seus entes queridos torna a viagem no tempo mais deliciosa... Obrigada por compartilhar conosco... como historiadora fico deliciada em ver essas coisas, em ser premiada com o conteúdo magico de sua caixa, obrigada mesmo....

    ResponderEliminar
  31. Que preciosidade! Meu pai sempre amou fotografia, ele da famíla é o que sempre fotografou e tem muiitas fotos desde novo. E quando conheceu e casou com minha mãe não foi diferente, são muitas fotografias lindas dos dois... e depois nós, os filhos =) ahhh como é gostoso ver fotos do passado!

    Blog do Sofá
    Loja Kodry

    ResponderEliminar
  32. Estou conhecendo seu blog agora e me deparo com um post maravilhoso desse, até em mim veio um sentimento de saudade!

    ResponderEliminar
  33. Olá, que lindas recordações, viajei pelas fotos...E eu que pensei que as festas temáticas eram coisas modernas!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  34. Olá, tudo bom?

    Impossível ver estas fotos e não se emocionar, lembrei de minha família, as comemorações, os entes queridos que já se foram, os bons momentos que infelizmente não voltam mais, ficaram na lembrança, lembrei de minhas raízes.

    Beijos e ótima semana p/ vc.


    Audeni
    São Paulo, Brazil

    ResponderEliminar
  35. Um gosto ter encontrado seu blogue onde já me regisitei. Adoro fotos antigas, mas eu própria
    não disponho de fotos desse tempo, apenas uma quando tinha 7 anos.
    Voltarei ao seu blogue sempre que possa.
    Um bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  36. Sílvia, que fotos lindas! Adorei a mesa com bonecas e a casinha e também o cenário de praia.
    Praticamente não há fotos da minha família dessa época, uma pena.
    Beijo

    ResponderEliminar
  37. estou me deliciando com o seu blog! Todos os post cheios de muito amor... e esse então, demais!

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics