BANQUINHO FORRADO COM RETALHOS

20.8.15
É nas horas em que estou a decapar um banquinho velho e sem graça, que me pergunto se serei masoquista. Seria tão mais fácil deslocar-me até à esquina, comprar um igual ou parecido, novo e limpinho, e evitar esta etapa maçadora e quase inglória. Quem mo entregou para recuperá-lo, vai ficar tão feliz em receber um lindo banquinho reciclado, repaginado, remodelado e outros "ados" mais, que nem sequer notará se é o mesmo...
Mas pronto, é oficial: eu gosto de sofrer! E assim sendo, toca a decapar e lixar bem, porque a intenção é forrar o banco com retalhos de tecidos e eliminar ao máximo as irregularidades da madeira, ajuda na perfeição do acabamento. No tampo nem toco: em tempos alguém lembrou-se de lhe colar um bocado de alcatifa com cola de contato, e essas marcas vou varrê-las para debaixo do tapete. Que é como quem diz, aproveitar uns blocos que vi aqui e que fiz num momento de ócio, sem nenhum propósito, só naquela de usar os retalhos, e praticar. Como é curto, adiciono-lhe umas laterais e faço um quilting para enfeitar. Prendo um quadrado de enchimento à superfície do tampo, agrafo o todo, e está pronto o assento.
Final feliz num estilo tudo junto e misturado, para uma peça que tinha destino traçado (lixo). E agora quem duvida que se trata do mesmo, sou eu.









O banco, antes e depois de ser decapada a tinta. Uma vista do tampo, onde se nota as marcas da alcatifa:
O tradicional antes e depois:

O trabalho em progresso. Para fixar os tecidos, uso cola UHU, própria para técnicas de découpage e guardanapos. E no final, para selar e proteger o todo, uma demão de resina acrílica. Este tipo de trabalho também fica muito bonito se feito com variações sobre uma mesma cor. Por exemplo, usar vários tecidos em tons de verde. Ou então ainda, usar somente duas cores. Enfim, fica ao critério e criatividade de cada um...

32 comentários:

  1. Lindo demais!
    Você jamais conseguiria comprar algo pronto tão lindo!
    Parabéns!
    Tomei a liberdade de publicá-lo na minha fanpage, lógico, direcionando para o seu endereço.
    Caso queira que eu o retire da página, por favor, me avise.
    Meu e-mail é c.perfeitaordem@gmail.com
    Beijo.

    ResponderEliminar
  2. Olá Val, parabéns o banquinho ficou um encanto.
    Valeu a pena esse esforço todo.
    Beijinhos:)

    ResponderEliminar
  3. Inacreditável! Que diferença!

    Adorei o que você fez com o banquinho maltratado, nem parece o mesmo! Mas imagino quantas horas de trabalho se passaram para que ficasse assim!

    Lindo, super criativo! Gostei muito da solução que você deu para o assento, ficou uma graça!

    ResponderEliminar
  4. Ei Val
    Você é danada de habilidosa, tem um talento pra deixar o que iria pro lixo virar obra de arte.
    Adorei com força seu banquinho, e gostei principalmente da maneira que você ensinou, me deu uma boa ideia pra tentar fazer algo parecido.
    Parabéns querida, você é criativa demais.
    Beijos e um ótimo fim de semana.

    ResponderEliminar
  5. Amei esse banco, puro amor por ele!
    Parabéns pelo capricho Val, você sempre arrebentando no que faz!
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Ficou lindo Val, obrigada pelo PAP,
    abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderEliminar
  7. Oh Val, que lindo! :)
    Um banco novo não conta histórias, não tem memórias, não fala!! :)) E para bem da verdade seguramente que não tem a mesma qualidade de madeira.
    Um trabalho lindo, lindo...acho que já disse isto! :D
    És uma privilegiada por poderes fazer destas coisas! Não precisas de uma ajudante? ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Bom dia Val ;)
    Que lindo !!!!!!!!
    É o meu preferido ,tão colorido e tão bonito cheio de detalhes que não cansam a vista ,mas sim alegram e adoçam o olhar ;)
    É uma trabalheira ,se é !! Mas no fundo o que conta é o que aprendeste e criaste ai com esse banquinho .Para além de que, a pessoa que o recebeu deve ter ficado de queixo caido :D
    Bom fim de semana
    bjs
    Lulu

    ResponderEliminar
  9. Val, tão lindo!!! Olha lá, que trabalho te deu transformá-lo! Mas valeu a pena, o resultado é muito bom. Mas também gostei muito do banco na fase em que estava já pronto a receber a tua decoupage de tecidos, sabes assim só lixado e com uma carapuça de crochet para o tampo... eheheh, vejo crochet em todo o lado! beijinhos e bom fim-de-semana ;)

    ResponderEliminar
  10. Ficou lindo e muito alegre. Sua casa deve ter tantas coisinhas lindas assim que você deve ficar revirando tudo pra inventar alguma coisa nova, com a mão coçando pra mudar a decoração. :)

    Abraços! ♥

    ResponderEliminar
  11. Bom dia querida Val!!!
    Impressionante como tu fazes coisas bonitas. Este banco está maravilhoso!! Com uma conjugação de cores fantástica. Parabéns!! Fiquei super inspirada para meter mãos na massa. Sim porque já há algum tempo que tenho lá uns banquinhos em casa para restaurar e nada de lhes tratar da saúde.
    Beijinho enorme e um bom fim de semana.

    PS: As fotos estão fantásticas :)

    ResponderEliminar
  12. Ah, Val, mas pense assim: se você tivesse comprado um banco novinho em folha não teria esse delicioso "antes e depois" para exibir. E você sabe como adoramos essas etapas! As suas são muito legais e nos fazem acreditar que quase tudo pode ser reabilitado.
    Confesso que, da minha parte, não gosto (detesto, pronto! falei a verdade!) a parte de lixar e coisa e tal. E com as tintas,então, não tenho a menor intimidade! Sempre me arrependo de ter começado, kkkkkkk.
    Bjs e bom fim de semana!
    (ah, lindo esse bloco! Simples na execução mas de grande resultado)

    ResponderEliminar
  13. Um banquinho sem graça ficou tão, tão, tão, tão lindo... =)
    Beijos e bom final de semana!!

    ResponderEliminar
  14. Parabéns !! Está fantástico!!!

    ResponderEliminar
  15. Oi, Val! Me peguei rindo da sua postagem... o "gostar de sofrer" foi muito divertido. Eu também já me vi entrando em cada projeto que no final e me pergunto se não seria mais fácil ter comprado do que ter feito, e geralmente a resposta é sim...kkk. O que importa no final é a experiência de tornar algo que não tinha valor, ou tinha pouco valor, em algo com muito valor, ao menos valor emocional.
    Eu amo essa explosão de cores, que sua marca registrada. Em muitos momentos, quando estou costurando, tento quebrar a monotonia na escolha das cores e estampas para poder no final me surpreender com o resultado final. E foi isso que aconteceu comigo vendo o antes e o depois da sua transformação. Eu gostei muitoooo, parabéns! Beijos, Clau.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Corrigindo...Eu amo essa explosão de cores, que é sua marca registrada.

      Eliminar
  16. Tenho dois banquinhos no género à espera de inspiração para serem renovados. Esta é uma ideia belíssima. Adorei a ideia para o tampo. Concordo que esta explosão de cores é já a sua marca registada. E são sempre conjugações absolutamente fantásticas! Parabéns ! Ficou lindo !

    ResponderEliminar
  17. Somos duas, Val, esse é o tipo de sofrimento que adoro! Ontem mesmo fui deixar o menino na escola e me deparei com duas poltronas de madeira bem surradas num brechó. Pois hoje já estão aqui comigo e, certamente, me farão "sofrer" um bocado com o restauro. Costumo dizer que essas peças velhinhas são a terapia mais econômica que existe, ao menos no meu caso. E seu banco ficou um encanto, um retrato de peça feliz! Beijo

    ResponderEliminar
  18. Olá Val! Ficou tão giro! Encantador. Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Olá Val,

    Ficou lindíssimo, muito alegre e colorido, como tudo que você faz. Ainda bem que tem as fotos para comprovar, pois olhando não dá para acreditar que é o mesmo, o trabalho valeu a pena!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Olá Val.
    Gosto muito das tuas reciclagens já sabes!.
    Mais uma que ficou perfeita.
    P.s - deixei o meu email noutra resposta, é para te mandar a receita da courgete... tenho tido problemas com o pc de casa por isso nem sei se os comentários entraram...
    beijinhos Pinta

    ResponderEliminar
  21. Val querida, comentei mas não sei se foi...
    Amei, to apaixonada por este banquinho! Que lindo! Parabéns
    Beijosssss e uma linda semana
    Vero

    ResponderEliminar
  22. :) Não é gostar de sofrer, de modo nenhum! Compreendo perfeitamente esse prazer de ver renascer das cinzas objetos que já tiveram outra vida e adaptá-los ao nosso gosto, às nossas necessidades atuais. Um beijinho de parabéns por (mais) este ótimo trabalho. :)

    ResponderEliminar
  23. Você não gosta de sofrer, gosta é de estampar um sorriso no rosto dos outros! Mas eu entendo bem esse sentimento do meio do processo. Mas agora que ficou tão lindo até você já esqueceu, né?
    Beijos

    ResponderEliminar
  24. Oh Val!!

    Tudo que vc toca fica maravilhoso!! é muito carinho por ates manuais!!

    Ah , respondi assim seu comentário El Mueble no meu blog:
    oi Val, entendo vc, qdo eu vejo uma casa da Micasa ou El Mueble já conheço de longe, rs
    O estilo é o mesmo!

    bjus
    ana

    ResponderEliminar
  25. Oi Val!
    Adoro ler os seus textos, são sempre tão poéticos, mesmo para descrever o desenrolar de uma ideia.
    Você é masoquista, com certeza. Mas se serve de consolo não está nessa sozinha, também sou. Mas adoro ter que sofrer para criar algo feito e idealizado por mim. E que bom que você é forte e aguenta com muito emprenho suas reformas, pois só assim podemos admirar e ficar babando por um produto LINDO! Assim como esse banquinho, com tanto amor e capricho que, com certeza não é vendido em nenhuma esquina desse mundo.
    Parabéns! Beijos mil!!! Ahhhh ! Já saiu a matéria no Oca Pop, você viu?
    Thamyrez.

    ResponderEliminar
  26. Hola Val querida ,, que lindo ese blanquito forrado ,, me encanto los innumerables pedacitos de generos tan bien combinados ,, preciosooo

    ResponderEliminar
  27. Ficou simplesmente lindo, alegre, colorido, prático, amoroso, único... adorei!
    Valeu a pena o trabalho e o esforço, esse requinte e essa beleza jamais de encontrarão em peças feitas em série. Muitos parabéns e obrigada pela fantástica partilha!

    ResponderEliminar
  28. Que habilidade que você tem, Val.
    Ficou uma graça esse banquinho, parabéns pelo trabalho!
    beijos

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics