PROCURA-SE ESPELHO

30.4.13
Sei que são tendência,que se bem utilizados ampliam o espaço e que,se posicionados de forma correta até podem dar melhor aproveitamento de luz.
Mas o que é fato,é que sempre tive problemas com espelhos:se são novos,não me agradam.Se usados,a minha impressão é que já "viram" muita coisa.

Sempre à espera da peça ideal,num temporário que se foi tornando definitivo,passei anos(bem mais de uma década)sem espelho na casa de banho social.
Este era o aspeto da casa de banho,quando vim morar para esta casa.O mais puro assustador/estilo/tendência dos anos 90:esponjado azul bébé,conjugado com um stencil(vê-se uma ponta na foto)que lembrava o desenho e o tom dos azulejos antigos,produto de uma demolição.Para completar o cenário,usei o lavatório dessa mesma demolição,e por cima dele,ainda coloquei um misto de prateleira/toalheiro desenhado por mim,do qual já não reza a história nem tenho imagem,pois na foto abaixo,e num ato de desespero,já me tinha livrado do dito e colocado os 2 cabides visíveis à esquerda. 
Portanto esta foto foi tirada há cerca de um ano,numa altura de transição....
...quando tentei um extreme makeover para este espaço:cimento afagado nas paredes;iluminação  antiquada de spots de halogéneo no teto substituída por pendentes com leds;os tais cabides velhos,e um molde para finalmente,começar a pensar num espelho.
As luminárias,de modelos diferentes,tinha-as guardadas,só precisei fazer os suportes para as electrificar.E quanto ao espelho,a ideia era arranjar uma moldura antiga,e lacá-la de beringela,para quebrar o classicismo do conjunto e dar uma cor extra. Mas tal não aconteceu....
...porque numa viagem a Veneza,e depois de eu lhe ter pedido especificamente para não me trazer nada,o marido veio com este espelho,e ainda o pendurou,à revelia.Ok,não desgosto,é até simples no seu estilo,mas não era o que eu pretendia.Plano B : frase em giz, para dar um certo humor e o descontrair.
E aí está,enquanto não vem o beringela,e o veneziano não encontra o seu lugar noutra parede da casa.
 Mais alguns objetos desta casa de banho,podem ver neste post.






10 comentários:

  1. Bom dia ,que casa de banho tão eclética ,não me lembraria que conjugar tais objectos ,o espelho realmente não é esse ,
    Alguma solução hás de arranjar
    bjs
    Lulu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente ficou meio esquisito.Quando entro,não consigo gostar.Há de se solucionar!
      Bom feriado!

      Eliminar
  2. Olá Val.
    Com o tempo, tenho a certeza, vai encontrar o espelho certo.
    Eu gostei da casa de banho. Diferente e original como eu gosto.
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que o problema é o veneziano ser muito no tom da parede,ou seja não há um contraste.Bj

      Eliminar
  3. Olá Val, esse definitivamente ainda não é O espelho! Mas chegaremos lá! Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ontem fui a uma obra, e os empregados estãoa usar um espelho com uma moldura trabalhada engraçada que encontraram lá pelos andares.Já pedi ao empreiteiro que me desse o espelho,e ele claro,numa boa acedeu.Mas acho que é pequeno para este caso!

      Eliminar
  4. Bom dia, Val!
    A ideia da moldura antiga agrada-me. A cor beringela já nem tanto. Mas as coisas improváveis por vezes acabam por nos surpreender pela positiva. Vou ficar atenta e esperar para ver ;). Fez bem em aproveitar o lavatório, é lindíssimo! Achei original a ideia das iluminárias. Gosto praticamente de todos os pormenores dessa casa-de-banho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sei lá,pensei beringela,porque já lá tenho um movel que era da sogra e que está amarelo.Então amarelo não dá,senão fica tudo a combinar,o que não me agrada. Tenho que pensar melhor,mas antes do mais é preciso encontrar uma moldura bonita,com tamanho que se adapte ali.Quando tiver a moldura,lanço um concurso de sugestões no blog! Lol!

      Eliminar
  5. O espelho nem é feio,mas acho mesmo que não é ali o lugar dele...

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics